Protocolo 2000

O novo Protocolo 2000 de MMS

 

Aqui temos o novo Protocolo 2000 para Todos os Cancros, Cancros de fase IV e outras doenças que atentam contra a vida de uma forma rápida.

Dependendo do quanto se sente mal, comece com 1, 2 ou 3 gotas de MMS a cada hora durante pelo menos 8 horas por dia. Quanto pior se sentir, menos gotas deve tomar.

Este programa é intenso e tem funcionado em cancros em qualquer fase e também funcionou em cancros na fase IV. Este protocolo é o que Jim Humble conhece para cancros avançados. Ele usou-o algumas vezes em pessoas em África e também durante 2 anos no México. Pode no entanto ser usado também em muitas outras doenças. Com este Protocolo têm sido tratadas com sucesso quase todas as doenças que atentam contra a vida nas últimas fases. Hepatite A, B e C são exemplos e o resultado final foram leituras negativas. Por favor leia primeiro o Protocolo 1000 para ter o conhecimento da informação técnica básica que precisará.

Passo Um de dois

– Comece por tomar uma dose de uma gota de MMS. Faça assim a cada hora durante algumas horas até verificar que a dose de uma gota é bem tolerada. Este toma de hora em hora deverá ser mantida durante 10 horas seguidas por dia. No entanto, uma gota não é suficiente. Isto é só o inicio. Assim que determine que consegue tolerar mais do que uma gota, passe para duas gotas por hora. Não precisa de esperar um dia inteiro para passar para as duas gotas. Se não sentir qualquer náusea nas primeiras duas horas, avance para as duas gotas por hora. Nunca esquecer que as gotas têm de ser previamente activadas com ácido cítrico.

Pode aumentar o número de gotas até 8 ou mesmo 10 gotas de MMS por hora. Esta dosagem é elevada e a maior parte das pessoas ficará com náuseas e não irá tolerar tal quantidade até que o cancro ou outra doença desaparecer.

 

Passo Dois de dois

– Este passo é um pouco difícil para algumas pessoas, mas se pretende uma bom resultado é necessário seguir em frente. Tem de tomar cápsulas de MMS2 pelo menos duas vezes por dia numa primeira fase e depois aumentar para 5 vezes por dia.

Comece calmamente, tal como em tudo. MMS2 é ácido hipocloroso, o mesmo ácido que o sistema imunitário humano usa para matar coisas. Tem o cheiro de cloro, mas não é cloro –  é simplesmente feito de cloro como o sal de mesa. No entanto tem um sabor um pouco pior que o sal de mesa e tem aproximadamente o mesmo índice de toxicidade. Por isso pode tomar uma quantidade enorme muito superior àquela que o Protocolo 2000 indica sem que tal seja perigoso.

O sistema imunitário simplesmente não consegue produzir este químico em quantidades suficientes para matar o cancro, mas você pode ajudá-lo com estas cápsulas. É praticamente o mesmo composto que o sistema imunitário produz.

OK, então temos agora duas coisas que você deve tomar para matar o cancro. Deve saturar o seu corpo com MMS1 e MMS2 ao ponto de matar o cancro rapidamente. Mas não tão rápido que o faça sentir ainda mais doente do que já se sente. Matar o cancro muito rápido pode matá-lo a si também, por isso vá com calma. Deve tomar o máximo que conseguir sem que se desenvolva náusea, vómitos, diarreia ou forte fadiga.

Esta é uma actuação balanceada. Aumente as doses até notar algum sintoma de náusea. Vómitos, diarreia, forte fadiga. Se sentir que a náusea volta, reduza a dose seguinte em metade. Se mesmo assim a náusea ameaçar começar pare de tomar MMS1 e 2 até que a náusea passe e recomece de imediato, mas reduzindo as doses de MMS1 e 2.

Deverá notar que em breve o cancro melhora (mais pequeno ou menos dor) ou talvez que já sente que não está a piorar. No entanto não mantenha uma dosagem reduzida. Após algumas horas a tomar uma dose reduzida que já não o faz sentir-se pior, comece lentamente a aumentar novamente. Em breve conseguirá dominar este balanceamento na toma de MMS impedindo assim que tal o faça sentir-se ainda mais doente. Encontre o ritmo do seu corpo e o seu equilíbrio para que não sinta os sintomas negativos já mencionados. Doses em excesso nunca são produtivas.

Poderá chegar à conclusão que será necessário usar o Protocolo 3000. Se o cancro não está a desaparecer, muitas pessoas descobriram que o Protocolo 3000 ajuda a superá-lo.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: